Comissão de Ética dos Jornalistas do Ceará apresenta balanço parcial de atividades

A três meses do encerramento do seu mandato, previsto para o dia 18 de julho de 2019, a Comissão de Ética dos Jornalistas do Ceará apresenta à categoria e à sociedade o balanço das atividades desenvolvidas desde o dia 31 de agosto de 2016, quando foi empossada. Confira agora um balanço das principais atividades do colegiado, que é eleito pelos jornalistas do Ceará a cada três anos, em votação nominal:

  1. Atuação na mesa de negociação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de Rádio e TV 2018, resultando no registro do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros no cartório Melo Júnior (rua Major Facundo, 660 – Fortaleza), incluído em anexo na referida Convenção. O processo resultou ainda na inclusão do Código de Ética no Estatuto do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, em votação realizada junto à categoria em dezembro de 2018. A Comissão de Ética participou de reuniões que envolveram a diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) e representantes das entidades patronais, como Acert e Sindatel, bem como a assessoria jurídica do Sindjorce. Matéria sobre o assunto está disponível no link http://www.sindjorce.org.br/codigo-de-etica-e-registrado-em-cartorio-e-constara-no-estatuto-do-sindjorce/

  1. Participações em palestras/atividades realizadas junto a Cursos de Jornalismo, acerca das atividades das Comissões de Ética dos Jornalistas e do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros: 5

  1. Participação no 37º Congresso Nacional dos Jornalistas, realizado em Goiânia (GO), em 2016, por meio de atividades relacionadas às funções da Comissão, dentre as quais destacamos: reunião conjunta entre a Comissão Nacional de Ética e representantes as Comissões de Ética dos Jornalistas do Ceará, Goiás e Rio Grande do Sul, para troca de experiências entre os colegiados; posse da Comissão Nacional de Ética; e aprovação da Tese nº 18 – “Comissões de Ética Notas 10 nos dez anos do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros”, de autoria do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco. Matéria disponível no link http://www.sindjorce.org.br/comissao-estadual-de-etica-participa-da-posse-da-comissao-nacional-de-etica/

  1. Aquisição de ferramentas digitais no site do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, incluindo email próprio (comissaodeetica@sindjorce.org.br) e telefones 85.3247.1094, 85.3272.2966 e 85.98970.8634 (WhatsApp/celular) de modo a divulgar de maneira mais efetiva canais de acesso à própria Comissão e o próprio Código de Ética, por meio dos links http://www.sindjorce.org.br/comissao-de-etica/ ehttp://www.sindjorce.org.br/codigo-de-etica-dos-jornalistas-brasileiros/

  1. Criação da fanpage destinada a divulgar ações da Comissão e temas relacionados ao Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros e a demais questões relacionadas ao assunto, por meio do endereço eletrônico https://www.facebook.com/comissaoestadualdeetica/

  1. Realização de pesquisa junto às Comissões Estaduais de Ética dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e de Sergipe, de forma a permitir intercâmbio de experiências entre os colegiados, tendo como modelo o artigo científico “Comissões de ética dos jornalistas: atuação, visibilidade e efetividade”, de autoria do doutor em Comunicação e presidente da Comissão de Ética dos Jornalistas de Santa Catarina Rogério Christofoletti (disponível no link file:///C:/Users/User/AppData/Local/Temp/1197-Texto%20do%20artigo-5529-1-10-20151222.pdf)

  1. Interlocução permanente com a Comissão Nacional de Ética (Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ) e as Comissões de Ética dos Jornalistas do Distrito Federal, Espírito Santo, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e Sergipe, visando a troca de experiências e ações conjuntas, por meio do WhatsApp

  1. Divulgação de nota conjunta acerca das fake news durante a eleição presidencial de 2018 e o debate sobre o tema à luz do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros. Proposta pela Comissão de Ética dos Jornalistas do Ceará e aperfeiçoada pelos colegiados de Sergipe e de Santa Catarina, a nota foi assinada conjuntamente por 18 das 31 Comissões de Ética dos Jornalistas. O texto foi abordado em pronunciamentos realizados em outubro de 2018 pelos então deputados estaduais Renato Roseno e Rachel Marques, pelo vereador por Fortaleza e atual deputado estadual Acrísio Sena e incluído nos anais da Câmara Municipal de Fortaleza por iniciativa da vereadora Larissa Gaspar. A nota está disponível no link http://fenaj.org.br/nota-da-comissao-nacional-de-etica-e-das-comissoes-de-etica-dos-jornalistas-sobre-o-segundo-turno-da-eleicao-presidencial/

  1. Realização de 14 reuniões ordinárias da Comissão, para análise e/ou deliberação de diversos assuntos

  1. Atuação do colegiado em duas representações atualmente em andamento no âmbito da Comissão

A Comissão de Ética dos Jornalistas do Ceará é composta por Salomão de Castro (presidente), Anderson Sandes (vice-presidente), Mara Cristina Castro (secretária), Telma Costa e Chico Alves.

Fonte: Comissão Estadual de Ética

 

DEIXE UMA RESPOSTA